Juntas Arrasamos
UM TEXTÃO SOBRE O NOSSO PAPEL NA COLABORAÇÃO FEMININA

Você já deve ter ouvido frases como “não dá pra ter amiga mulher”, “mulher é tudo falsa” e “mulher não se arruma pra ela mesma, mas, sim, pra causar inveja nas outras”. Em algum momento, passamos a achar normal julgar atitudes, estilos e escolhas. Achamos normal até mandar um "beijinho no ombro pras inimigas". Vê se pode?

Quando foi que começamos a nos tratar como rivais?

Novelas, filmes e comerciais de TV nos mostram competindo o tempo todo. Mas isso não é uma invenção das mulheres. Essa competitividade foi construída. Trata-se de mais uma entre muitas desigualdades que vivemos diariamente apenas por sermos mulheres. A competição limita e diminui a coragem, o apoio, a liberdade. Quantas vezes você deixou de fazer algo que tinha vontade por medo de ser julgada?

Saiba que não precisa ser assim.

A cada dia, mais e mais mulheres percebem o poder de colaborarem entre si. Percebem que apoiar mulheres que talvez nem conheçam faz toda a diferença. Existe até um nome pra isso: sororidade.

Agora, você deve estar se perguntando: “E o que Seda tem a ver com isso?"

Acreditamos no poder da colaboração feminina e no quanto ela pode ser transformadora. Por isso, hoje apresentamos a iniciativa #JuntasArrasamos, para somar a quem já está fazendo a diferença em relação a esse tema. Queremos dar voz à sororidade e ajudar a levar esse assunto a cada vez mais mulheres.

Não apenas falar, mas também fazer. É o que nos tornará mais fortes.

Afinal, se sozinhas já conquistamos tanto, imagine juntas?

Gostou? Compartilhe esta ideia com mais mulheres e conte pra gente o que acha disso tudo. :)

Esta carta é o primeiro passo de uma série de iniciativas de Seda. Acompanhe a #JuntasArrasamos.

Faça parte da conversa